Bilhete Único Gestante: Como fazer e carregar o cartão mãe paulistana

O presente artigo mostrará como e onde fazer o Bilhete Único Gestante ou Mãe Paulistana, que deve ser feito nas Unidades de Saúde da cidade de São Paulo, que apresentaremos no texto. Também será mostrado como carregá-lo utilizando o RecargaPay e também o seu funcionamento. Este bilhete é muito útil e pode ser utilizado para ônibus, micro-ônibus, trens do Metrô e CPTM.

Como carregar o Bilhete Único gestante

Existem algumas formas de carregar o Bilhete Único Gestante e uma delas é utilizando o RecargaPay. A recarga acontece utilizando o aplicativo, de forma rápida e sem a necessidade de enfrentar filas. O aplicativo desta instituição financeira permite que você coloque saldo de várias maneiras, como transferências e depósitos em lotéricas, porém existem formas bastante práticas como o PIX e o cartão de crédito.

Veja como fazer a recarga do Bilhete Único Gestante:

Passo 1: Download do aplicativo RecargaPay e cadastro

O primeiro passo será o download do aplicativo. Para isso, basta entrar na Apple Store ou Google Play Store, procurar pelo nome do app e então baixar o aplicativo para o celular. Feito isso, basta seguir os passos para realizar o cadastro e começar a utilizá-lo.

Na tela inicial do aplicativo existem várias opções e a usuária deve procurar por “Cartão Transporte”. Após o clique, uma nova tela irá aparecer e a opção “Recarregar” deve ser clicada.

Nesse momento, o aplicativo mostrará algumas opções de cartões que podem ser recarregados, então deve escolher o “Bilhete Único (São Paulo)” e então digitar o número do bilhete único gestante e o valor da recarga.

Por fim, deve-se escolher a forma de pagamento, lembrando que é possível pagar com cartão de crédito, débito, boleto e até transferência bancária. Após a escolha, a usuária deve clicar em “Continuar” e aguardar a aprovação da operação.

É bom lembrar que as gestantes que optarem pelo pagamento utilizando o cartão de crédito ou débito podem ter até 5% do dinheiro de volta. Isso acontece devido ao programa de cashback oferecido pelo RecargaPay.

Vantagens de se utilizar o app RecargaPay

Agora, se você além de recarregar o seu cartão de passagem com desconto e ainda receber cashback com isso deseja contar com diversos benefícios exclusivos, saiba que o RecargaPay pode te oferecer todas essas vantagens em um só lugar.

Sendo assim, confira agora os 8 principais vantagens do app RecargaPay, e se quiser saber melhor sobre cada um deles, não deixe de conferir nosso artigo.

  • 1) Pague suas contas de serviços essenciais
  • 2) Recarregue o saldo de todos os operadores
  • 3) Ganhe dinheiro com Cashback
  • 4) Obtenha vales-presentes de muitos serviços
  • 5) Compre Tele Sena Digital Online
  • 6) Obtenha um cartão MasterCard pré-pago
  • 7) Serviço de RecargaPay Prime +
  • 8) Faça transações sem internet

Como fazer o Bilhete Único da gestante?

Para fazer o Bilhete Único da Gestante ou Mãe Paulistana deve ir até um dos postos de atendimento do SPTrans. O procedimento inclui a apresentação de documentos básicos, como RG, CPF ou CNH, comprovante de residência recente , além de um atestado médico mostrando o período gestacional.

O funcionamento dos postos de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h até às 16h – com exceção dos feriados nacionais e municipais. Veja alguns endereços:

R. Vitorino Carmilo, 599 – Barra Funda

R. Alm. Marques de Leão, 684 – Bela Vista, São Paulo

R. Frederico Alvarenga, 259 – Sé

Av. Indianópolis, 650 – Moema

Rua Giovanni di Balduccio, 250 – Vila Morae

Como funciona o bilhete único da gestante?

Após o cadastro, o bilhete é enviado ao endereço da gestante dentro de um prazo de 20 dias. O seu funcionamento é bem simples, porém é preciso que o bilhete esteja carregado. Dessa forma, se você deseja encontrar mais opções de recarga além do RecargaPay, separamos aqui os 7 melhores apps para carregar seu cartão de passagem.

Nos ônibus e micro-ônibus gerenciados pela SPTrans: a gestante deve pegar o seu bilhete e aproximá-lo do leitor de validação e aguardar o sinal sonoro e verde. Feito isso, deve-se retirar o bilhete e girar a catraca.

Nas catracas das estações do Metrô e da CPTM: o bilhete deve ser colocado no validador do Metrô até que a luz verde apareça. Após esse sinal de ok, basta girar a catraca e se dirigir até o metrô.

Quem tem direito ao Mãe Paulistana e Bilhete Único Gestante?

Para poder obter o Bilhete Único Gestante e Mãe Paulistana é preciso que a gestante esteja cadastrada no SUS e sendo beneficiada pelo Programa de Proteção da Saúde da Gestante e do Recém-Nascido.

Vale ressaltar que o cadastro não garante a isenção das tarifas, pois o valor inserido no Bilhete Único Mãe Paulistana passa por aprovação da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da plataforma do SUS via UBS.

Como fazer o Bilhete Único Especial para Obeso?

Além do BU da Gestante, a cidade de São Paulo também oferece aos seus cidadãos outra modalidade de vale transporte especial: o Bilhete Especial para o Obeso. Com ele, todos os cidadãos que possuam IMC maior que 39,9 podem fazer suas viagens com todo conforto e sem precisar passar pela catraca. Preparamos um ótimo artigo que explica tudo sobre o BU Obeso.

Conclusões

Foi possível perceber que o Bilhete Único Mãe Paulistana é uma forma que o governo encontrou para ajudar as gestantes que necessitam utilizar o transporte público para realizar exames, consultas e demais procedimentos. Particularmente, acredito que seja uma ótima forma de ajudar as gestantes que não apresentam condições financeiras para custear o transporte durante a gestação.

Sobre o cadastro, pois ele é simples e rápido, porém, existe um tempo de 20 dias para receber o cartão. Eu recomendo a utilização do RecargaPay para realizar a recarga do cartão também é outro ponto positivo, pois tudo pode ser feito pelo aplicativo, sem a necessidade de estar no local, enfrentando filas.

Por fim, vale ressaltar o crédito disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde para as gestantes que estão cadastradas no Programa de Proteção da Saúde da Gestante e do Recém-Nascido. Elas passam a ter direito, quando validadas no sistema, a um crédito para recarregar o bilhete, dando um alívio financeiro para a grávida.

darios gomes redactor

Sou estudante universitário do 4º ano em administração de empresas, trabalho online como redator online sobre temas financeiros e econômicos, sou um amante de jogos online e de esportes eletrônicos.

6 comentários em “Bilhete Único Gestante: Como fazer e carregar o cartão mãe paulistana”

  1. Muito obrigada pelas informações. Eu vou pedir o meu cartão de bilhete único.

    Responder
  2. As recargas feitas com o RecargaPay podem devolver até 5% do nosso dinheiro? Como funciona?

    Responder
    • Simmm. Você faz a recarga e eles tem um programa de cashback que pode devolver até 5% do dinheiro que você colocou no bilhete.

      Responder
  3. Muito bom saber disso. Vou avisar para a minha prima que mora em São Paulo

    Responder
  4. Acredito que o cartão Mãe Paulistana seja uma opção interessante e muito boa por parte da SPTrans, porém, também é fato que eles deveriam possibilitar alguns cadastros online, já que atualmente pode ser difícil comparecer aos postos com a emissão de Covid- 19.

    Responder
    • Sim, concordo, minha mulher foi buscar o dela e também tinha fila e demorou muito para conceder o cartão. Acho que eles deveriam melhorar um pouco o atendimento ao cliente. Por outro lado, é muito interessante poder recarregá-lo com RecargaPay, não tinha ideia, informações muito boas!

      Responder

Deixe um comentário